[Resenha] VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue



Título Original: VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue 

Autor: Cesar Bravo 

Editora: DarkSide Books 

Páginas: 288 

Ano Lançamento: 2019 

Sinopse: 

Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, Bravo guia os leitores amaldiçoados até os cantos mais sombrios de nossas mentes. E a cidadezinha de Três Rios, localizada no noroeste paulista, é o palco principal — um ponto de encontro de todas as coisas estranhas que acontecem nas redondezas. O inferno corre por essas águas e lança suas sementes nessa terra. Um lugar vivo e pronto para devorar o próximo filho que renegar sua origem.

VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue se passa em um período especial e repleto de esquisitices, entre 1985 e 1995, e tem início em uma videolocadora peculiar capaz de alugar os sonhos e as vidas de seus clientes. Quem viveu nessa época vai ter para sempre suas lembranças com textura de VHS. Bravo constrói a narrativa de seu novo romance de horror fragmentado com base em registros orais, casos sinistros e uma porção de detalhes que rodeiam a vida dos moradores de Três Rios — mandingas macabras, crimes brutais, animais soturnos e inúmeros mapas, notícias de jornais e anúncios compõem o imaginário de um local esquecido pelo tempo. 

Impressões: 

Nossa literatura nacional está bem representado com inúmeros autores de qualidade e talento, hoje vamos falar do autor, Cesar Bravo, responsável pelo mais novo sucesso da Editora DarkSide Books. 

VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, é um complicado de 16 contos de puro terror. O leitor vai conhecer de perto uma cidadezinha da região do estado de São Paulo, Três Rios, uma pacata cidade que abriga lendas e fatos bizarros. 

Publicado pela DarkSide, ou seja, dispensa comentários, edição de capa dura de alta qualidade, possuindo inúmeras gravuras em cada conto, deixando uma leitura nível Dark! 

Os contos vão se ligando e fechando inúmeros elos, o leitor vai entender todo o assombro e terror que paira sobre à cidade Três Rios. Vale ressaltar, são inúmeros personagens, por isso o leitor não fique preso ou imerso em apenas um único protagonista. 

Cesar Bravo possui uma escrita intensa e envolvente, deixando os leitores incomodados com toda situação envolvendo a trama. 

Sendo um livro de contos é impossível mencionar apenas um em questão, outro ponto em destaque é do autor reviver algumas lendas urbanas, por exemplo: a loira do banheiro. 

Muitas respostas serão encontradas em VHS, sendo exposta de forma nua e crua toda maldição que está amedrontando os moradores de Três Rios e seus reais responsáveis. Acima de tudo! Passem longe do matadouro.


Comentários