Obrigado, 2019!

Olá, leitor!

Mais um ano que se vai e mais um ano que se vem, e como de costume, aqui estamos nós, para a última postagem do ano.

Hoje, dia 26, o blog está completando 6 anos no ar, e não podíamos deixar de vir agradecer você por mais um ano acompanhando a gente. Foram muitas leituras, séries, filmes, novos parceiros e conhecemos muitos autores nacionais independentes maravilhosos, que merecem muita atenção. Só temos gratidão a você que está ao nosso lado! Obrigado!

Mas vamos fazer um pequeno balanço deste ano díficil que foi 2019?


Fazer um balanço de 2019 não vai ser fácil, foi um ano muito difícil para todos nós. Um ano de grandes polêmicas políticas, ambientais, um ano de muitas perdas, um ano de caos, como eu costumo dizer à algumas pessoas. Aquele ano que depois que acabar, certeza que arrancará algumas lágrimas.

Mas, para que ficar olhando para tudo que deu errado? 2019 foi sim um ano bem difícil de engolir, eu que o diga, mas também foi um ano de muito ensinamento para cada um de nós aqui do blog e certeza que para você que está aí nos lendo também. Mas vamos falar de nós (Nay, Rafa e Mary), o que aprendemos com 2019?

(Nay) Aprendi que tenho que ser mais grata pelas pequenas coisas que acontecem na minha vida, que as vezes para que coisas boas venham é preciso que coisas ruins aconteçam. Por tanto, agradeço por minhas duvidas terem virado certezas; agradeço por ter me livrado de pessoas que não me faziam bem e agradeço por ter tido a oportunidade de me aproximar cada vez mais de uma pessoa que está fazendo toda diferença na minha vida e que amo cada dia mais. Meu ano foi difícil, mas foi libertador!

(Mary) O ano de 2019 foi de grande inspirAÇÃO, CREscimento e RENOVAÇÃO. Com pitadas de: redescobertas, reaprendizagem, dramas, alegrias, euforias, noites em claro, choros, SORRISOS, ENCONTROS e reencontros. E deixo uma curiosidade para os leitores "maravilindos" do Curva Literária. Esse ano aprendi uma Técnica havaiana de cura interior: Ho'oponopono que aplico sempre que necessito e indico. E vou deixar na curiosidade mesmo. (rsrs) Quem sabe 2020 escrevo sobre... Beijos Dourados e de luz! Por fim, agradeço por tudo.

(Rafa) 2019 foi um ano de muito aprendizado, principalmente para controlar a paciência e stress. Agradeço 2019, mesmo tendo acorrido muitos baixos. Porém! Não reclamo. Não vou ficar fazendo texto motivacional, não sou coach. Mas... Chega mais 2020. Vamos botar pra quebrar.

Então, 2019 não foi um ano de caos, foi um ano de gratidão... pelas pequenas coisas que nos fizeram sorrir.

E você, o que 2019 te ensinou? Pelo que você tem à agradecer?

Desejamos um 2020 maravilhoso a você!

Comentários

  1. A gente, quando faz retrospectiva de um ano, só se lembra dos fatos ruins e quer logo que ele acabe. Mas esquece que também teve muita coisa boa. O exercício de vocês foi uma boa. Esse ano eu aprendi que posso enfrentar os meus limites, mas sozinha é muito complicado e, em certos casos, impossível. Então aprendi também que pedir ajuda não é sinônimo de fraqueza, mas de fortaleza e coragem, por admitir que não sou nenhum robô, mas uma pessoa que tem sentimentos e momentos de fragilidade... Aprendi também a ser mais grata e que é preciso amadurecer para encarar certas situações. Espero que 2020 me traga mais descobertas e motivos para ser grata.
    Bjks e boas festas!

    Mundinho da Hanna | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Gostei muitíssimo de você ter percebido que pedir ajuda não é um ato de fraqueza. Que venha 2020!

      Excluir
  2. Oie, meninas! Olha, 2019 não foi fácil pra mim não. Mas tbm não posso negar que tive vários momentos especiais. É um péssimo hábito lembrar sempre das coisas ruins, mas acho q essa virada pra um novo ano é essencial para renovarmos nossas esperanças e motivações. E te digo que já tô precisando!
    Parabéns pelo trabalho desse ano e que 2020 faça vcs brilharem ainda mais.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Que recado motivador e que mensagem mais linda para se finalizar o ano de 2019 e iniciar o novo ano de 2020, que se aproxima agora. Eu aprendi bastante esse ano e cresci ainda mais, tanto pessoalmente quanto profissionalmente. E agradeço por não me cobrar tanto e ser mais gentil comigo mesma, porque é importante se lembrar de agradecer a si mesmo. Afinal, nossas realizações são
    graças ao nosso esforço e dedicação e as pessoas fiéis que nos apoiam. E também, aprendi mais uma vez, que não se deve confiar a nossa felicidade a mais ninguém, além de nos mesmos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário