terça-feira, 13 de agosto de 2019

[Resenha] Uma Mulher No Escuro



Título Original: Uma Mulher No Escuro 

Autor: Raphael Montes 

Editora: Companhia das Letras 

Páginas: 254 

Ano Lançamento: 2019 

Um crime brutal cometido há vinte anos, uma única sobrevivente, o retorno calculado do assassino. Em quem Victoria deve confiar? Neste thriller psicológico, Raphael Montes une romance e suspense em uma narrativa intrincada e sedutora. 

Victoria Bravo tinha quatro anos quando um homem invadiu sua casa e matou sua família a facadas, pichando seus rostos com tinta preta. Única sobrevivente, ela agora é uma jovem solitária e tímida, com pesadelos frequentes e sérias dificuldades para se relacionar. Seu refúgio é ficar em casa e observar a vida alheia pelas janelas do apartamento onde mora, na Lapa, Rio de Janeiro. 

Mas o passado bate à sua porta, e ela não sabe mais em quem pode confiar. Obrigada a enfrentar sua própria tragédia, Victoria embarca em uma jornada de amadurecimento e descoberta que a levará a zonas obscuras, mas também revelará as possibilidades do amor. Um psiquiatra, um amigo feito pela internet e um possível namorado — qual dos três homens está usando tudo o que sabe para aterrorizar a vida de Vic? E o que afinal ele quer com ela? 

Na literatura nacional, Raphael Montes é unanimidade quando se trata de livros de suspense. Uma Mulher no Escuro traz sua primeira protagonista feminina e confirma o autor como um dos mais originais da atualidade — além de deixar o leitor intrigado do começo ao fim. 

Impressões:

“Uma Mulher no Escuro” o novo sucesso do autor nacional, Raphael Montes. Dessa vez, o leitor vai embarcar em um misto de romance, passando para o terror psicológico no virar de uma página. Bora para resenha completa?

Victoria Bravo é a personagem principal, tendo sofrido uma grande perda na infância e sofrendo na vida adulta. Ela presenciou o brutal assassinato dos seus pais e irmão mais velho. O pior disso tudo é que Vic tinha apenas 4 anos quando tudo isso aconteceu.

Nos dias atuais, Victoria é uma jovem solitária, reclusa e tímida, tendo um emprego modesto em uma cafeteria e contando apenas com um amigo, o nerd conhecido pelo apelido de “Arroz”.

Sua vida poderia ter sido tranquila, porém! O sossego acaba quando alguns acontecimentos bizarros acabam ressurgindo e fazendo à vida de Victoria um inferno, trazendo inúmeros pesadelos para vida real.

Raphael Montes possui uma escrita impecável, prendendo o leitor logo nas primeiras páginas, nível de detalhes é impressionante, trazendo um realismo ímpar para os leitores, como se estivéssemos dentro de toda história.

Outros personagens são importantes na vida da jovem, porém é impossível acreditar em determinadas pessoas, cada um com sua personalidade e um passado sombrio que pode pôr em risco Vic e as pessoas eu tanto ela ama.

Vale a pena? Com toda certeza! Nossa literatura nacional está cada vez mais bem representado por grandes talentos, é o caso do genial Raphael Montes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário