[Resenha] Presságio - O Assassinato da Freira Nua

Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século (Coleção Novos Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 220

Sinopse: Alice tem vinte e seis anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição.

Agora Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima.

Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados, da primeira à última página!



"Lágrimas negras num rosto enrubescido de criança.
Ele a encarou e disse:
- Tudo isso é fantasia!" Página 101

O livro "Presságio - O Assassinato da Freia Nua", conta a história de Alice, uma jovem que possui um dom. Ela tem presságios, vê o que vai acontecer no futuro ou coisas que aconteceram no passado. Essas visões, as vezes, aparecem em circunstâncias um tanto, diferentes.

Uma amiga de Alice, a convida para ir a uma festa, para que ela esqueça toda essa "loucura" de presságios. Ninguém acredita no dom dela. Os psiquiatras acham que a jovem está louca. Mas, é nessa festa, regada de bebidas e drogas, em que Alice terá mais uma de suas visões. Ela presencia, em sua visão, o assassinato de uma jovem que está na festa e quando volta a si: "Está morta. A Freia Nua, está morta." Página 34.

Depois de ser feito a pericia, a policia liga o crime a um outro assassinato e acusa o Beato Judas, de ser autor do crime. Mas, na visão de Alice, o assassino é bem diferente do Beato, apesar dela não ter conseguido ver o rosto da pessoa na visão.

Agora, cabe a Alice, desvendar esse mistério. Quem, realmente, matou a Freira Nua? Se envolver nessa história, pode levar a garota a correr grandes perigos. Ela vai ter que fazer isso sozinha, a qual quer custo, já que ninguém a ouve.

"Só é louco quem fala demais! Porque, se você não fala nada, as pessoas não adivinham o que está dentro da sua cabeça! Pode ser a pirada mais demente de todas! Mas se você não fala nada, você é normal, entendeu?!" Página 160

Presságio, é uma história incrível escrita pelo autor parceiro do blog, Leonardo Barros. Sou apaixonada por livros do gênero e esse é bem diferente dos que eu já li, porque vai bem mais além da ficção policial, envolve suspense, sensualidade (nada de 50 Tons de Cinza) e isso deixa a história ainda mais interessante.

O que eu mais gostei, é que a história vai alternando os acontecimentos entre Alice e os outros personagens, o que passa a impressão de que os fatos estão acontecendo ao mesmo tempo. Tipo novela, uma hora ta em uma cena, depois vai para outra e volta na primeira de novo. Outra coisa, as vezes aparece uns fatos no meio da história que agente deixa passar, e quando vai chegando mais a frente, agente fica: "como não percebi isso antes?", isso é muito legal.

Gostei muito de Alice, é uma personagem determinada e corajosa. Gostei também, do Sócrates, é uma pena que ele aparece muito pouco na história.

Quando acabou, eu fiquei tipo, "cadê o resto das páginas, não faça isso comigo, quero mais". Terminou com uma fala que me levou a entender que tem mais história, então espero que tenha uma continuação, mas não sei se realmente tem. Se não tiver, a história ficou meio que, incompleta.

Quanto a capa, eu gostei bastante, ela é bem misteriosa, como o livro. Gostei muito do que li, então minha nota não pode ser outra:

Nota: 10/10

Conheça o autor:

Leonardo Barros é médico formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É autor do romance erótico “Amor de Yoni” (publicado em 2008); do suspense policial “O Maníaco do Circo – e o menino que tinha medo de palhaços” (publicado na XIV Bienal do Livro Rio, em 2009); da comédia “Saúde, Beleza, Prosperidade e Riqueza” (publicação independente, 2010) e da comédia “Solteiro Em Trinta Dias - Receitas de sucesso de um ex-otário” (publicado em 2011).

“Presságio – O assassinato da Freira Nua” é sua quinta ficção e seu segundo suspense policial.

Para contatar o autor deste livro envie um e-mail para leobarrosescritor@gmail.com, siga-o no Twitter: @LeoEscritor ou adicione-o no Facebook: facebook.com/leobarrosescritor.

 

O livro veio autografado, com uma dedicatória, depois vou postar a foto aqui para vocês na capa da semana. Aguardem.

Não esqueçam de deixar o seu cometário ai em baixo. Beijos, até a próxima!

Comentários

  1. Oi, Nayara.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Obrigado pela divulgação!
    Super beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nayara.
    Fico feliz que tenha gostado.
    Obrigado pela divulgação!
    Super beijo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário