domingo, 23 de junho de 2019

[Fora da Curva] Mistério No Mediterrâneo - Netflix


Título Original: Murder Mystery 

Direção: Kyle Newacheck 

Ano Lançamento: 14 de Junho de 2019 

Duração: 01h38min 

Elenco: Adam Sandler, Jennifer Aniston, Luke Evan, T
erence Stamp e Gemma Arterton 

Gênero: Comédia 

Origem: Estados Unidos 

Um policial de Nova York (Adam Sandler) que finalmente leva a sua esposa (Jennifer Aniston) em uma viagem para a Europa prometida por anos. Porém, um encontro por acaso no voo com um homem misterioso (Luke Evans) leva-os a uma reunião de família no iate gigantesco do idoso bilionário Malcolm Quince. Quando Quince é assassinado, eles tornam-se os principais suspeitos neste jogo de detetive dos dias modernos. 

Impressões: 

Vamos apertar o play e conferir o novo sucesso da Netflix, tanto que já quebrou recordes logo na semana de estreia na plataforma. Vamos falar um pouco mais do “Mistério No Mediterrâneo”. Bora? 

O longa reúne mistério e comédia, possuindo fortes influências nas obras da Rainha do Crime, Agatha Christie. 

Nick e Audrey Spitz vão para Europa, comemorar o aniversário de casamento, entretanto, o casal não possui tanto dinheiro por isso, não podem fazer um passeio luxuoso e ser algo mais restrito para comemorações. 

A sorte bate na porta do casal, eles conhecem um bilionário do qual convida ambos para um final de semana no iate do seu tio. 

Netflix não poupa nos investimentos, contratando estrelas de Hollywood, é o caso de Adam Sandler e Jennifer Aniston, atuações impecáveis, formaram o casal perfeito durante todo o longa. Risada do começo ao fim. 

Era para ser uma viagem inesquecível, tudo muda quando o velho bilionário é assassinado e todos do iate, tornam-se suspeitos. Infelizmente toda culpa cai nas costas do casal Spitz, agora eles precisam correr para provar que são inocentes e se verem livres dessa tremenda enrascada. 

O roteiro possui uma estrutura sem grandes surpresas, mantendo um ritmo razoável para o espectador não morrer de tédio. Lembrando! Esse não é nenhuma obra prima, porém entrega uma premissa envolvente para o entretenimento. 

Vale a pena? Com certeza! Outro ponto de destaque é pela fotografia, mostrando toda beleza de tirar o fôlego do Principado de Mônaco.



terça-feira, 18 de junho de 2019

[Resenha] Só Pode Ser Brincadeira, Sr. Feynman!


Título: Só Pode Ser Brincadeira, Sr. Feynman! 

Subtítulo: As Excêntricas Aventuras de Um Físico 

Título Original: Surely You’re Joking, Mr. Feynman! 

Autor: Richard P. Feynman 

Páginas: 400 

Editora: Intrínseca 

Ano Lançamento: 2019 

Excêntrico e espirituoso, o ganhador do prêmio Nobel Richard Feynman conta os casos mais engraçados e extraordinários de sua vida. Sua personalidade fora dos padrões aliada a sua capacidade de aprender habilidades variadas – que vão de música e pintura até engenharia e biologia – o fez entender e explicar o mundo de forma inusitada aos seus leitores.

Entre as muitas histórias curiosas reunidas nesta edição com introdução assinada por Bill Gates, destacam-se os episódios em que ele conheceu Einstein, arrombou cofres do programa nuclear, deu aulas e desfrutou do Carnaval no Brasil. Narrador inteligente e bem-humorado, Feynman mostra por que é um dos intelectuais mais adorados de sua geração e até hoje fascina todos dentro e fora da área acadêmica. 

Impressões: 

Narrado em primeira pessoa, o leitor vai conhecer um pouco mais do extraordinário físico do qual contribuiu imensamente para ciência e física teórica. Estamos falando do grandioso, Richard P. Feynman. 

Bem humorado, brincalhão e excêntrico, são uma das qualidades de Feynman, no decorrer de sua vida acadêmica, vemos um profissional apaixonado pelo que faz, correndo atrás dos seus sonhos e objetivos de vida. 

Editora Intrínseca fez um maravilhoso trabalho gráfico, uma edição de capa dura, com acabamento bem intuitivo. O texto possui uma fonte adequada, com bons espaçamentos, trazendo um conforto para os leitores. 

Feynman narra suas mais importantes contribuições no ramo da física, trazendo uma linha do tempo para o leitor. Um dos momentos mais intensos de sua vida foi com suas contribuições na 2° Guerra Mundial e fazer parte dos que estavam no projeto da Bomba Atômica. 

Uma leitura fluída logo nas primeiras páginas, o autor possui uma escrita bem dinâmica, e claro, bem humorada. O leitor vai fazer uma viagem no tempo e presenciar os avanços científicos do Século XX. 

Vale a pena? Com toda certeza! Uma biografia de um físico que fez história e uma revolução na física. Ah! E um excelente tocador de tambor.


segunda-feira, 10 de junho de 2019

[Resenha] A História do Cinema Para Quem Tem Pressa


Título: A História do Cinema Para Quem Tem Pressa 

Subtítulo: Dos Irmãos Lumière ao século 21 em 200 Páginas! 

Autor: Celso Sabadin 

Editora: Valentina 

Ano Lançamento: 2018  

A palavra pressa é o particípio passado, em latim, do verbo premere (apertar). Assim, pode-se dizer que A História do Cinema para Quem Tem Pressa se propõe a contar uma das maiores sagas do século 20 (e deste início do 21) para quem precisa apertar o passo ou está apertado de tempo. E quem não está? Em 200 páginas, contextualizado com cada momento histórico, e escrito em linguagem clara e acessível, Sabadin traça um panorama do cinema - linguagem que há mais de um século revoluciona nossa maneira de ver a vida -, desde a época em que seus inventores nem sabiam direito o que fazer com ele, até os dias de hoje, quando movimenta bilhões de dólares pelos cinco continentes.

A obra passeia com desenvoltura pelos principais "ismos" cinematográficos do mundo - Impressionismo, Expressionismo, Surrealismo, Realismo, Neorrealismo etc. -, ao mesmo tempo que conta como nasceu Hollywood, o que aconteceu quando os filmes começaram a falar, por que os alemães inventaram o filme de terror, por que os detetives do cinema usam capa e chapéu, como as duas Guerras Mundiais mudaram os filmes, por que o cinema francês é tão papo-cabeça, como a chegada da televisão mudou tudo, o que afinal é um blockbuster, onde entra o Brasil nessa história toda, e muitos outros temas e curiosidades sobre a chamada Sétima Arte.Só não explica que loucura é essa que nos faz tão apaixonados pela telona e pelo escurinho. Para isso, seria necessário outro livro. Aí sim, sem pressa. 

Impressões: 

Saudações literárias, queridos leitores da Curva Literária. Tudo bem com vocês? Hora de começar mais uma semana com uma dica incrível de livro, hoje vamos falar um pouco da obra “A História do Cinema Para Quem Tem Pressa”. Bora? 

O livro busca transmitir de forma resumida toda história do cinema, seguindo os aspectos cronológicos até os dias atuais. 

Celso Sabadin possui uma escrita fluída, dinâmica e didática, mostrando diversas curiosidades à respeito da sétima arte. 

Falar sobre o cinema, demandaria no mínimo uma coleção de livros sobre o assunto, porém! Essa obra tirou de letra ao levar para os leitores toda grandiosidade da sétima arte, seja para cinéfilos ou aquele leitor(a) que possui uma curiosidade sobre o assunto. 

Um dos pontos positivos da obra, é em relação ao nossos cinema nacional do qual o autor faz diversos comentários, além de uma pita irônica e crítica sobre o assunto, afinal, o nosso cinema e toda indústria da sétima arte não é tão valorizado, infelizmente. 

Vale a pena? Com toda certeza! Se o leitor busca por uma leitura rápida, esse é o livro certo para conhecer todo o universo cinematográfico. Uma viagem no tempo através das páginas.

terça-feira, 4 de junho de 2019

Revista Conexão Literatura, nº 48 (Junho/2019)



Mais do que um prazer, a leitura é uma necessidade. Desbravar novos mundos. Obter conhecimento. Descobrir novos horizontes e aprender a questionar.

"A leitura é para o intelecto o que o exercício é para o corpo" - J. Addsion

Pratique o hábito da leitura ;)

Estamos nas redes sociais com atualizações diárias. Siga-nos e fique por dentro do que acontece no mundo da literatura:
Twitter: @ademirpascale

Para publicar, divulgar sua obra ou anunciar em nosso site ou próxima edição, acesse: http://www.revistaconexaoliteratura.com.br/p/midia-kit.html

Tenha uma ótima leitura!

Ademir Pascale - Editor-Chefe
Twitter: @ademirpascale


domingo, 2 de junho de 2019

DoR

                                       Sua alma pede súplica,
seu corpo pede cama.
Tua criança pede atenção.
E a cada toque uma lágrima.
A cada olhar um grito de desespero.
O socorro é silencioso.
Viver a cada dia é uma tormenta,
porque os olhos só quer fechar.


                                      Isso é depressão.
É ansiedade.
É dor.



“Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”

Carl Jung.





quinta-feira, 23 de maio de 2019

[Resenha] O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe


Título Original: O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe 

Autor: Ademir Pascale 

Editora: Selo Jovem 

Páginas: 104 

Ano Lançamento: 2019 

Situado numa sala de um antigo prédio do centro da cidade de São Paulo, o Clube de Leitura de Edgar Allan Poe, apresenta personagens intrigantes e problemáticos, iniciando pelo cofundador, um velho caolho de nome Clay, que não vê mais sentido na vida depois da morte trágica da esposa Virginia. Henrico e Marcelo, irmãos órfãos que tentam levar uma vida pacata em um sebo na garagem de casa, mas que eventos sobrenaturais assolam a vida de um deles, que é atormentado por corvos. Samanta é uma jovem gótica e solitária. Rafael, ex-vocalista da banda Nevermore, sente-se rejeitado pela rica família e vive nas ruas e noites paulistanas tentando encontrar um novo caminho. Bernardo e Kátia, casal que discute a relação entre casar ou apenas morar juntos, vivem aventuras perigosas. Mas, todos com algo em comum: a paixão que nutrem pela vida e obra do inigualável mestre do horror: Poe. 

Impressões:

Saudações literárias, queridos leitores. Tudo bem com vocês? Espero que todos estejam bem. Vamos de resenha e indicação literária? Bora! Hoje o post é uma indicação de livro nacional. 

O Clube de Leitura de Edgar Allan Poe vai levar o leitor para conhecer um pouco mais do extraordinário autor, que mudou completamente toda literatura mundial e até hoje é referência no cenário cult e pop. 


Ademir Pascale vai levar o leitor para um clube, localizado em uma sala de um antigo prédio. Esses encontros são justamente para discutir toda obra e legado do genial Poe. 

Clay é um senhor do qual tem a função de organizar e passar toda pauta e assuntos para serem discutidos em cada encontro, além dele, existem outros jovens que são ainda mais apaixonados pelo autor em destaque. 

O autor possui uma escrita bem detalhista, com personagens estruturados, cada um tendo sua própria personalidade e originalidade, deixando uma leitura dinâmica logo nas primeiras páginas.


Um detalhe que merece ser mencionado para o leitor! Ademir consegue transmitir toda sua paixão e admiração pelo Edgar Allan Poe, em cada página vamos conhecer inúmeras curiosidades sobre as obras de Poe. Uma verdadeira viagem no tempo. 

Nem tudo são flores, coisas estranhas começam acontecer aos integrantes do clube de leitura, é a partir daí que o livro segue uma vibe de mistério e suspense, pois vamos entrar de vez na história e acompanhar todo o desenrolar. 


Cada integrante do clube acabam sofrendo algum tipo de represália, seria uma espécie de vingança? 

O cerco vai se fechando cada vez mais até chegar em alguns suspeitos, porém! Não foquem em apenas um suspeito! 


Vale a pena? Com toda certeza! O livro consegue explorar todo o universo literário de Poe, além de deixar uma história com mistérios e inúmeras surpresas.


terça-feira, 14 de maio de 2019

Parceria: Editora APMC


Bom dia, boa tarde ou boa noite, queridos leitores do Blog. Tudo bem com vocês? Espero que todos estejam bem. Pois estamos radiante! Trazendo uma super novidade para vocês. 

Estamos muito felizes, acabamos de fechar mais uma parceria com o blog, fiquem ligados! Vamos trazer muitas novidades da Editora APMC e seus lançamentos.

Editora APMC veio para fazer diferença no cenário literário, buscando revelar novos escritores e levar conteúdo e boas histórias para o público em geral.

Um dos pontos fortes da editora, é pela sua facilidade de publicação, sem toda aquela burocracia ou vários e vários empecilhos que dificultam o autor(a) em lançar sua obra. 

Siga Editora APMC nas Redes Sociais: